No Internet Archive
o livro está disponível tanto para leitura
online, como para download
em vários formatos
Bookmark and Share
      Os tesouros acumulados por D. Fernando II, por seu filho o Rei D. Luís e pela segunda mulher de D. Fernando, a
Condessa de Edla,  constituem um gigantesco manancial de informação onde muito ainda está por fazer, tanto a nível de uma
inventariação em moldes modernos e pesquisáveis, como na ilustração dos bens referenciados, para não falar nas inúmeras
peças que, por variados motivos – principalmente de herança – saíram de Portugal e por vezes são reencontrados no mercado
internacional de arte. È uma tarefa gigantesca que a atual situação económica do país mais veio dificultar.

      Submergidos numa igualmente gigantesca base de dados, o nosso projeto passa essencialmente por agregar a
informação com que nos vamos deparando e, tanto quanto possível, disponibilizá-la neste nosso e vosso espaço na internet.
Como não temos fins lucrativos e não somos subsidiados por nenhuma entidade pública ou privada – tudo o que divulgamos é
de livre acesso e sem qualquer custo para quem queira consultar e/ou descarregar para seu uso não comercial toda a
informação que divulgamos – permite-nos essa nossa postura o contorno das rígidas normas de direitos autorais, visto que a
agregação de informação e sua disponibilização gratuita tornou-se num novo paradigma da atual sociedade da informação.

      É neste contexto que lançamos mais um documento, intitulado “A Fíbula Bragança”, onde damos a conhecer uma joia da
antiguidade que já foi “nossa” e que tem sido alvo de um enorme interesse pela comunidade internacional de arqueólogos e
historiadores de arte.
AN00236836_001_l